Portal Oficial - Prefeitura Municipal de São Miguel do Oeste - SC

Notícias 

Você está em: Home • Notícias • Conselho dos ex-Prefeitos debate liberação da ponte internacional

Conselho dos ex-Prefeitos debate liberação da ponte internacional

DNIT atestou capacidade para trânsito de veículos com até 30 toneladas. Agora, articulação é para que a Polícia e a Receita Federal destinem instrumentos e equipes para instalação de uma aduana no local

Foi realizada na tarde desta quarta-feira (27), mais uma reunião do Conselho dos ex-Prefeitos de São Miguel do Oeste, a convite do prefeito atual, Wilson Trevisan. O encontro, realizado no Gabinete do Executivo, teve a presença de João Carlos Valar, Nelson Foss da Silva (Nelsinho), Gilmar Baldissera (Gica) e José Carlos Zandavalli Fiorini (Juca), além de Trevisan e seu vice, Alfredo Spier. Trevisan ouviu dos prefeitos que o antecederam, detalhes de seus modelos de gestão, e o que podem agregar ao seu governo.

Vários assuntos estiveram em pauta, mas o principal deles foi a Ponte Internacional Peperi Guaçú, localizada na divisa entre o Brasil e Argentina, no município de Paraíso. Apesar de ter sido construída há mais de 20 anos, apenas agora ela está sendo reconhecida oficialmente pelo governo brasileiro. No início desta semana, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), emitiu nota técnica, liberando o trânsito no local para veículos com até 30 toneladas.

Trevisan lembrou da importância de várias lideranças, como o empresário e presidente da Comissão Binacional, Darci Zanotelli, e agradeceu a todos os ex-prefeitos pelo empenho que tiveram, desde a construção da ponte até o percurso que levou ao seu reconhecimento atual. E pediu apoio para a efetivação dos próximos passos. “Agora, precisamos nos unir para articular junto à Receita e Polícia Federal os mecanismos e equipes para atuar na fronteira, e a instalação de uma aduana”, conclamou o prefeito.

José Carlos Zandavalli Fiorini, o Juca, era o prefeito de São Miguel do Oeste quando a construção da ponte foi idealizada. “Precisamos destacar o empenho e iniciativa da atual administração para conseguir, finalmente, legalizar esta ponte, que nós entendemos que nunca foi clandestina”, ponderou.

Para Gilmar Baldissera, o Gica, “a Ponte Internacional Peperi Guaçú é um sonho do passado que se materializou no presente.” “Agora, aguardamos o desfecho, que percebemos que está acontecendo. Esta ponte é muito importante para a economia da região e do Brasil”, analisou.

Nelson Foss da Silva, o Nelsinho, disse que este é um momento histórico para o município de São Miguel do Oeste. “Estamos prestes a colher aquilo que foi plantado há mais de 20 anos, por muitos. Toda a nossa comunidade está de parabéns”, salientou.

João Valar disse que esta ponte será um ponto de referência, da entrada e saída do Mercosul. “É desta forma, unindo forças e pessoas de bem, que as coisas acontecem”, resumiu.


Galeria de imagens

COMPARTILHE:

Copyright © 2009-2017 Prefeitura Municipal de São Miguel do Oeste - SC.
Todos os direitos reservados.

DBlinks Agência Digital